MINHA HISTÓRIA

Sou a Duda, tenho 30 anos e sinto que entrei na melhor década da minha vida. Hoje eu posso dizer que tenho saúde, equilíbrio, energia, vitalidade e alegria de viver, mas, para chegar nesse estágio foi um caminho difícil e cheio de adversidades.

Em 2013, com 23 anos, fui realizar um sonho que era morar em Nova York, sozinha, para estudar na Parsons, uma das melhores escolas de Moda do mundo. A vida que eu tinha lá era, para mim, muito próxima da perfeição. Morava ao lado do Central Park, estudava algo que eu adorava, estava conquistando minha independência morando sozinha e tinha liberdade para fazer o que eu queria.

Até que um dia, esse sonho foi interrompido. Acordei, em uma sexta-feira ensolarada, sentido algo “estranho” no lado direito do meu rosto. Pela manhã senti um enfraquecimento sútil dos músculos, que dificultavam alguns movimentos como piscar os olhos,  sorrir e  escovar os dentes. Na manhã seguinte o “bicho pegou de vez”: estava com o lado direito do rosto inteiro paralisado, sentindo muita náusea, uma indisposição tremenda, sem apetite, mal conseguia andar e só queria a minha cama. Minha mãe chegou no dia seguinte e logo fomos em um neurologista para ver o que estava acontecendo comigo.

Depois de fazer uma ressonância magnética, fui diagnosticada com um cavernoma, uma má formação venosa que sangrou, causando um derrame. Estava localizado em um lugar ultra delicado bem próximo da medulo que, segundo ele, era inoperável. Lembro que saímos do consultório desorientadas. O único lugar que eu conseguia ir era em uma igreja para pedir uma luz Divina naquele momento tão obscuro.E eu fui atendida! No dia seguinte, pegamos um avião para o Brasil e fui direto para a consulta com um neurocirurgião, ou melhor, um anjo que Deus colocou naquele momento para salvar a minha vida.

Dias depois fiz a cirurgia – que foi um sucesso! – , e renasci em todos os campos: físico, mental, emocional e espiritual. Ao decorrer desses 6 anos de pura transformação e evolução pessoal, eu mudei de profissão, de valores, e enxergo a vida de um ângulo diferente, adquiri maior conexão comigo mesma, com a natureza, com a minha vida.

Descobri na culinária saudável um amor inimaginável, que foi a minha terapia para atravessar aquele momento turbulento. Pude sentir o poder da alimentação e como ela afeta diretamente o humor, o sono, o nível de energia, as nossas emoções e tantos outros aspectos de nossa vida. O esporte também me ajudou a superar os desafios e jamais desistir. Passei a praticar Yoga e meditação, que me trouxeram muita paz e afastaram um pouco a ansiedade.

Uma vez que você entende que está tudo interligado (corpo, mente e alma) as coisas fazem sentido, o corpo encontra o seu equilibro e, naturalmente, tudo começa a fluir melhor – menos doença, mais saúde. Eu mudei meu lifestyle para um nível muito superior e a minha missão é compartilhar todo esse conhecimento com o maior número de pessoas possíveis.

Muito obrigada pelo seu tempo e curiosidade pela minha história… que ela sirva de inspiração para você escrever a sua.

Te desejo Saúde e Paz!

Com carinho,

Duda Schietti